Asilo de São Vicente de Paulo é reinaugurado pela “AMI SÃO LUIZ”

Com uma missa solene, em dia 15 de janeiro de 2011, a “AMI São Luiz” entregou a comunidade luizense o asilo São Vicente de Paulo inteiramente reconstruído. A importância da Vila São Vicente de Paulo em São Luiz ultrapassa o viés social e histórico. Personalidades que fazem ou fizeram parte do imaginário coletivo da cidade ocuparam suas habitações, de arquitetura extremamente original. A par das dificuldades da diretoria em reformar o asilo, a AMI orquestrou uma bem sucedida campanha em prol de sua reconstrução, capitaneada pelo Promotor de Justiça e membro do conselho fiscal da Associação, Dr. Antonio Carlos Ozório Nunes, que estava na cidade no dia 1ᵒ de janeiro de 2010, quando as águas do Paraitinga invadiram São Luiz, e foi um dos líderes do resgate dos idosos junto às equipes de “rafting”.

Aqueles que assistiram ou participaram da remoção contam ter sido este um dos episódios mais tristes, dramáticos e desesperadores de toda a catástrofe.

A receptividade encontrada foi excepcional e amigos, profissionais, empresas, instituições e muitos outros anônimos doaram o valor necessário para promover a reconstrução do imóvel e a compra de equipamentos essenciais para seu funcionamento, como fogão, geladeira, máquina de lavar, camas, etc.

Com o montante arrecado refez-se o telhado da Vila Vicentina, as calhas, a instalação hidráulica, a captação pluvial do pátio externo e toda a instalação elétrica, (agora ajustada às normas de segurança exigidas). Também se instalou os equipamentos de mobilidade, antes inexistentes, para conforto dos idosos: as portas receberam rampas de acesso, barras de apoio nos banheiros, vidros adequados.

Na Capela fixaram-se grampos nas paredes e fios de aço afastando assim o perigo imediato de derruimento. O piso da igreja, de ladrilho hidráulico, bastante danificado, teve algumas peças cuidadosamente retiradas e realocadas depois de feitas as intervenções necessárias no solo.

AMI SLP
Criado por Viva Produções Culturais em março de 2020